terça-feira, 15 de setembro de 2009

SAUDADES DOS MEUS VIZINHOS.

Durante vários anos tive um casal maravilhoso que moravam próximos as telhas de uma área que temos na frente de nossa casa...(Você deve estar achando estranho o que estou escrevendo.)
Num espaço entre uma telha e outra um casal de passarinhos fez seu ninho,colocaram seus ovos e durante todo o tempo ficaram alegrando minhas manhãs cantando próximos a janela do meu quarto.
Quando os filhotes nasceram eu olhava a luta dos pais indo e vindo com comida para os filhos famintos...Como é lindo a dedicação deles com os filhos! Um dia os filhotes já crescidos tentaram sair do ninho e pra desespero meu caíram no chão e não conseguiam voltar para o ninho...
Um deles (Muito sapeca!) entrou pela janela do meu quarto voando e caiu na minha cama...
Foi uma loucura eu e meu filho tentando pegar o passarinho!hehehe
Peguei uma escada pra recolocar os filhotes no ninho,mas no outro dia eles novamente tentando voar nos davam um cansaço.
Faz um ano mais ou menos que não tenho mais esses vizinhos por perto...Todos os dias coloco o celular pra despertar às 05:40h para meu esposo ir trabalhar e depois programo pra acordar às 07h para levar meu filho na escola.
Hoje acordei e desliguei o celular,esquecendo de programar o horário da escola...Sabe o que aconteceu? Acordei com o canto dos passarinhos! Acho que vou ter meus vizinhos que moram nas telhas novamente.
"Numa casa onde há paz até os passarinhos querem fazer seus ninhos!"
Que você possa desfrutar desta mesma paz que sinto agora em nome de Jesus!
"DEITO-ME E PEGO NO SONO;ACORDO, PORQUE O SENHOR ME SUSTENTA.Sl.3:5"

2 comentários:

  1. Elisa, como é bom acordar com o canto dos pássaros, né? Nos faz ter certeza de que Deus cuida de nós. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Você está se tornando uma escritora e tanto, heim?
    Achei linda a crônica.
    Posso colocar no meu blog? Vc autoriza?
    Paz.

    ResponderExcluir

Quem sou eu

Minha foto
Sou alguém que ama a família,os amigos e vou ver as promessas de Deus se cumprir em minha vida.